O desenvolvimento harmonioso da criança num Centro Infantil depende, em larga escala, da eficácia da comunicação estabelecida entre Educadores e Encarregados de Educação. Uma partilha frequente de informações acerca das aprendizagens, rotinas, comportamentos singulares e episódios quotidianos das crianças contribui, não só para a criação de uma relação de confiança entre os seus agentes educativos, mas também para a definição de estratégias de intervenção articuladas e adaptadas às características individuais de cada uma delas.

Neste contexto, é nosso propósito trabalhar com os Encarregados de Educação para que, juntos, possamos proporcionar um clima de segurança afetivo e físico que favoreça o desenvolvimento pessoal e social das nossas crianças.

Atuando de acordo com um Projeto Pedagógico próprio elaborado pela Direção Técnica, no nosso Centro Infantil, cujas respostas sociais englobam as valências Creche, Pré-Escolar e Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL), as crianças podem beneficiar da implementação de práticas pedagógicas diferenciadas que acompanham o seu crescimento e de experiências lúdico-pedagógicas estruturadas e estimulantes que contribuem para uma formação integral e equilibrada.

 


O Centro Infantil da Santa Casa da Misericórdia do Peso da Régua situa-se na Rua José Vasques Osório, no edifício da Casa da Criança, que alberga também o Lar de Infância e Juventude (LIJ). Não obstante, o Centro Infantil dispõe de uma entrada independente pela Avenida de Ovar. O edifício correspondente ao LIJ foi remodelado e inaugurado em 2002 enquanto que a área da Creche, Pré-Escolar e CATL, foi concluída e inaugurada pelo Prof. Cavaco Silva em 1990. Mais tarde, em 2002, foram também inauguradas duas novas salas para o CATL e nos anos de 2007 e 2008 foram efetuadas obras na Creche com o intuito de a renovar totalmente. Após esta intervenção, passou a dispor de novos espaços, divisão de salas e de um refeitório, tornando-se num espaço ainda mais aprazível com uma decoração atrativa às crianças. A área destinada ao Pré-Escolar foi também alvo de obras de renovação o que permitiu manter uma coerência física e visual entre os diferentes espaços.

Deste modo, para além de as infraestruturas do Centro Infantil da Santa Casa da Misericórdia do Peso da Régua assegurarem as condições necessárias de saneamento básico, redes de energia elétrica, água, gás e telefone bem como as condições adequadas de acesso, livre circulação e de rápida e fácil evacuação em caso de emergência, o Centro Infantil apresenta também um ambiente acolhedor e confortável propício ao bem-estar dos seus utentes.

Atualmente, no rés-do-chão do edifício situam-se a receção, a sala da diretora, os vestiários e a sala das educadoras. É também aqui que funcionam as salas dos 3, 4 e 5 anos, a área de refeições (refeitório, cozinha, copa e despensa), a área de higiene (instalações sanitárias, arrumos para roupa e produtos de higiene e chuveiro manual), a área de convívio (ginásio polivalente, biblioteca e salão de festas) e a área de estudo (sala de estudo acompanhado e sala de atividades). No piso superior encontram-se o berçário, as salas dos 12/24 meses e 2 anos, um ginásio polivalente, os dormitórios, a sala de música e uma sala de atividades extracurriculares. Todo o Centro Infantil está equipado com mesas, cadeiras, material didático-pedagógico, material de educação física e material literário e audiovisual adaptados à faixa etária das crianças que o frequentam.

De salientar ainda que, na zona lateral do edifício, está disponível um terraço devidamente protegido, equipado com piso adequado e com brinquedos de exterior capazes de proporcionar momentos lúdicos e seguros a todas as crianças.

A Santa Casa da Misericórdia do Peso da Régua assume-se como uma Instituição Particular de Solidariedade Social, entidade de utilidade pública sem fins lucrativos, que tem como missão o desenvolvimento integral das crianças através da promoção da educação, do desenvolvimento pessoal, cultural e social, implicando as famílias nesse processo e visando a integração na comunidade local e regional.
São objetivos do Centro Infantil da Instituição:

  • proporcionar o bem-estar e desenvolvimento integral das crianças num clima de segurança afetiva, durante o afastamento do seu meio familiar;
  • constituir um parceiro privilegiado dos Encarregados de Educação na continuidade dos cuidados e do afeto e na partilha de cuidados e responsabilidades em todo o processo evolutivo das crianças;
  • efetuar eficazmente o despiste precoce de qualquer inadaptação ou deficiência e assegurar o seu acompanhamento adequado;
  • encorajar a individualização de cada criança ao respeitar os seus tempos, os seus ritmos e as suas preferências pessoais, potenciando o desenvolvimento psicoafectivo de cada uma;
  • oferecer atividades lúdico-didáticas que fomentem a sensibilidade relativamente ao corpo e ao movimento e a expressão criativa e oral, e permitam a exploração de conteúdos relacionados com o imaginário, respeitando as fantasias da criança e procurando dar sentido e espaço à sua livre expressão;
  • criar um ambiente propício ao desenvolvimento pessoal de cada criança, respeitando os seus ritmos e as suas preferências pessoais, de forma a potenciar o seu desenvolvimento psicoafectivo e a favorecer a sua integração num clima de compreensão, respeito e aceitação de cada um;
  • proporcionar à criança um contacto com o meio que a rodeia para que se sinta conhecedora, integrante e participante nesse meio, promovendo o seu processo de socialização;
  • mostrar às crianças a riqueza cultural, a beleza da paisagem, a história e a gastronomia da nossa região.

Creche

A Creche é uma resposta social do Centro infantil, vocacionada para o apoio à criança, dos 3 meses até aos 3 anos, e respetiva família.
A Creche constitui uma das primeiras experiências da criança num sistema organizado, exterior ao seu círculo familiar, onde irá ser integrada e na qual se pretende que venha a desenvolver determinadas competências e capacidades.

As experiências das crianças nos seus primeiros anos de vida estão muito relacionadas com a qualidade dos cuidados que recebem. Estas experiências podem ter um verdadeiro impacto no seu desenvolvimento futuro. A infância é a etapa fundamental da vida das crianças sendo os primeiros 36 meses de vida particularmente importantes para o seu desenvolvimento físico, afetivo e intelectual.

É igualmente importante que tenham oportunidades para brincar, desenvolver as suas capacidades cognitivas e intelectuais e aprender num ambiente seguro e protetor. Só desta forma é que lhes será possível desenvolver a sua autoestima, autoconfiança e capacidade de se tornar independente face aos desafios futuros com que irá sendo confrontada ao longo do seu desenvolvimento.

Pré-Escolar

O Pré-Escolar destina-se ao cuidado e acompanhamento pedagógico de crianças dos 3 anos até ao seu ingresso no Ensino Básico. A importância desta resposta social reside no facto de ser nesta fase que a criança se prepara para a vida escolar e por isso o Pré-Escolar pretende contribuir para a sua iniciação na interação com outras crianças para que possa aprender o que é a vida em sociedade, em termos de colaboração e entreajuda. Para além de atividades educativas, o Pré-Escolar proporciona também atividades extracurriculares e apoio à família.


CATL

O Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL) proporciona atividades de lazer a crianças e jovens a partir dos 6 anos de idade nos períodos não letivos, isto é, fora do horário normal de aulas, e em interrupções letivas. Neste centro desenvolvem-se diferentes modelos de intervenção, nomeadamente o acompanhamento das atividades letivas (estudo acompanhado) e a prática de atividades didáticas de tempos livres.


Diretora Técnica:
Isabel Maria Sousa Santos

Educadoras:
Lina Barros
Susana Meireles
Maria Fernanda Gomes
Maria Ivone Teixeira
Gabriela Mendes
Cátia Cardoso
Mónica Pereira

Auxiliares e Ajudantes:
Maria Luísa Almeida
Maria Armanda Gouveia
Maria de Lurdes Miguel
Vera Soeiro
Catarina Prado
Cláudia Martins

Prefeitas:
Maria de Fátima Mendonça
Filomena Rodrigues

Processo de Admissão

Para dar início ao processo de admissão da criança no Centro infantil é necessário que o seu Encarregado de Educação se desloque à Santa Casa munido dos seguintes elementos:

  • Documento de Identificação da Criança (cédula, Cartão único, BI);
  • NIF da criança e do(s) responsável(eis);
  • NISS;
  • Boletim de Saúde (Grupo sanguíneo);
  • Boletim de Vacinas;
  • Declaração médica sobre o estado de saúde (especificar as patologias que apresenta);
  • Uma (1) fotografia;
  • Declaração de IRS/ Certidão negativa;
  • Documento de Identificação do(s) Responsável(eis).

Após a admissão, nos termos da legislação em vigor, é celebrado um contrato escrito de prestação de serviços entre o Encarregado de Educação da criança que vai frequentar o Centro infantil e a entidade gestora da respetiva resposta social.


Processo Individual

No momento de inscrição da criança no Centro Infantil é elaborado um processo individual – cujos dados são confidenciais – que a acompanhará durante a sua permanência na Instituição.
A criança deverá ser sempre portadora de uma caderneta, entregue pelo Centro Infantil, como forma de promover o contacto entre a sua família e a Instituição.


Material das Crianças

As crianças devem levar, diariamente, para o Centro Infantil uma muda de roupa, um chapéu e a respetiva bata.


Higiene e Saúde

Caso as crianças adoeçam dentro do horário de funcionamento do Centro Infantil, ser-lhes-ão prestados os primeiros cuidados de saúde e os Encarregados de Educação serão imediatamente avisados. O mesmo procedimento é aplicável em caso de acidente durante a permanência na Instituição, eventualidade para a qual será acionado um seguro. Para garantir esta linha de conduta é obrigatório que, no processo de inscrição da criança, seja indicado pelo menos um contacto telefónico do respetivo Encarregado de Educação.
Crianças que apresentem febre ou sejam portadoras de alguma doença infetocontagiosa não podem frequentar o Centro Infantil e só poderão regressar quando fizerem prova médica que comprove a sua recuperação total. A Educadora deve ser avisada sempre que a criança ficar em casa por motivo de doença.


Regime Alimentar

A alimentação saudável é determinante para a saúde, crescimento e desenvolvimento intelectual das crianças. Uma refeição equilibrada, completa e variada é essencial nesta fase da vida.
A oferta alimentar nas escolas está regulamentada através de um conjunto de normas que estabelecem a obrigatoriedade de as escolas em oferecer alimentos/refeições saudáveis, equilibradas e seguras aos respetivos alunos (Circular nº 11/DGIDC/2007; Circular nº 14/DGIDC/2007; Circular nº 15/DGIDC/2007; Decreto-Lei nº 55/2009, de 2 de Março).
O Centro Infantil procura diversificar o leque de alimentos oferecidos, incrementar o consumo de alimentos saudáveis, como os hortícolas, a fruta, o peixe e as carnes brancas e limitar a frequência de consumo de alimentos menos saudáveis, como é o caso dos alimentos fritos e dos doces.
As ementas do Centro Infantil são elaboradas pela Nutricionista da Instituição de acordo com as necessidades nutricionais das várias faixas etárias das crianças e são previamente avaliadas de forma a garantir refeições com toda a qualidade nutricional. As ementas das refeições principais encontram-se disponíveis na página principal deste sítio web e as ementas das refeições secundárias podem ser consultadas aqui.
A cooperação entre a escola e a família é indispensável para que os hábitos alimentares saudáveis sejam adquiridos e praticados pelas crianças. Para facilitar o acesso à informação relativa à composição das refeições servidas no centro Infantil, permitindo que os Encarregados de Educação possam complementar corretamente a alimentação das crianças, as ementas semanais são afixadas em local visível na Instituição e disponibilizadas no seu website.
Com o intuito de evitar situações indesejáveis, os Encarregados de Educação deverão informar a Diretora e a Educadora de eventuais alergias ou contraindicações alimentares do seu educando.
Sempre que possível, a alimentação fornecida compreende também a existência de dietas especiais, desde que estejam sujeitas a prescrição médica.


Horário de Funcionamento

O Centro Infantil está aberto de segunda a sexta durante os 12 meses do ano, exceto feriados e véspera de Natal. Poderá verificar-se também o encerramento noutros dias desde que esteja assegurada a divulgação prévia, com 8 dias de antecedência, junto dos Encarregados de Educação. Salvaguardam-se, porém, situações de falecimento de membros da Instituição, cujo aviso prévio será feito com a maior brevidade possível.
O Centro Infantil abre as suas portas às 7h30m e encerra-as às 19h30m. Contudo, a partir das 19h00m é considerado prolongamento, à exceção do CATL que está aberto até às 19h30m sem qualquer restrição.
O Centro Infantil está aberto aos Encarregados de Educação durante este período de tempo, sem prejuízo das atividades sazonais (Dia do Pai, Dia da Mãe, Festa de Natal, de Reis, de Páscoa e de Magusto) que existirão sempre com o aviso prévio da Educadora responsável para que a sua presença seja participativa e colaborante. Paralelamente, qualquer informação ou instrução dos Encarregados de Educação relativamente aos seus educandos pode ser transmitida pessoal ou telefonicamente à responsável da sala ou Diretora Técnica. Esta última dispõe de um horário de atendimento presencial que decorre todas as quartas-feiras das 12 às 14 horas, ou noutro período previamente combinado entre as partes envolvidas.

Horário das crianças

- A entrada das crianças deve ocorrer entre as 7h30m e as 10h00m, salvo motivo justificado.
- A pausa da manhã é feita às 9h00m.
- O almoço tem início às 11h30m, na Creche, e às 12h00m, no Pré-Escolar.
- A pausa para o lanche tem início às 15h30m, na Creche, e às 16h00m, no Pré-Escolar.
- A sesta, obrigatória até aos 36 meses, decorre entre as 12h30m e as 15h00m.


Mensalidades

A mensalidade diz respeito à comparticipação, que fica a cargo dos Encarregados de Educação, nos custos das componentes educativas da criança, estando as componentes de apoio à família (prolongamento de tempo na valência) e as atividades extracurriculares sujeitas a um valor acrescido.
A determinação da comparticipação é estabelecida antes do início de cada ano letivo e calculada de forma proporcional ao rendimento do agregado familiar, podendo a Instituição adequar a comparticipação à situação socioeconómica particular de cada agregado.
O pagamento das mensalidades deverá ser efetuado entre os dias 1 e 8 de cada mês, nos serviços administrativos da Santa Casa, através de dinheiro ou cheque. Alternativamente, o pagamento também pode ser concretizado através de multibanco.
Em caso de desistência de frequência do Centro Infantil, esta deverá ser comunicada por escrito e com um mês de antecedência sob a pena de pagamento do mês em curso.

Calendário 2017/2018

Início do ano letivo: 13 de Setembro de 2017
Interrupção letiva: 18 de Dezembro de 2017

Início 2.º Período: 3 de Janeiro de 2018
Interrupção letiva: 26 de Março de 2018

Início do 3.º Período: 9 de Abril de 2018
Final do Ano Letivo: 22 de Junho de 2018